Audiência Pública aprova transformação da Unidade Sombrio em Campus Autônomo

quinta-feira, 4 de julho de 2019

O Instituto Federal Catarinense (IFC) promoveu, no dia 28 de junho, uma audiência pública no Campus Avançado Sombrio para apresentar à comunidade acadêmica e à sociedade em geral a proposta de transformação da unidade de “Campus Avançado” para Campus Autônomo”, no modelo 70/45 – ou seja, com 70 docentes e 40 servidores técnico-administrativos. O projeto foi aceito por unanimidade pelos 48 votantes presentes, e será agora enviado para o Ministério da Educação para análise.

A proposta de alteração tem como meta atender ao crescimento do IFC em Sombrio, tanto no número de cursos oferecidos quanto no de estudantes. A atual classificação “Campus Avançado” significa que a unidade é uma extensão de outro campus – neste caso, do Campus Santa Rosa do Sul. De acordo com os modelos definidos pelo Ministério da Educação, a mudança permite não só que a unidade possa comportar mais professores e técnicos, como também que tenha orçamento relativo ao número de alunos matriculados – além de possibilitar a oferta de cursos superiores e de pós-graduação.

A audiência teve início com uma fala da reitora do IFC, professora Sônia Regina Fernandes, que apresentou um histórico dos Institutos Federais no âmbito nacional, estadual e Institucional e apontou os avanços que a Rede proporcionou para a educação técnica e gratuita.

A próxima apresentação ficou a cargo da diretora do campus, professora Elisete Possamai, que falou sobre a história do campus e detalhou a proposta de alteração da classificação da unidade. Em seguida, o diretor do Campus Santa Rosa do Sul, professor Deivi Scarpari, presidiu a mesa, contabilizando os votos dos presentes sobre a proposta.

O evento contou com as presenças do pró-reitor de Administração, Stefano Moraes Demarco, e do pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, José Luiz Ungericht Junior. Também estiveram presentes autoridades das esferas municipal, estadual e federal, como o prefeito de Sombrio, Zenio Cardoso; a vice-prefeita da cidade, Gislaine Cunha; as secretárias de Educação de Sombrio, Graziela Rosa, e Santa Rosa do Sul, Mara Rejane Roxo; os vereadores Marcelo Areão e José Eraldo Soares; o deputado estadual José Milton Scheffer – no ato, representando o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Júlio Garcia; o deputado federal Pedro Uczai; e os assessores parlamentares Luiz Pereira – representando o deputado estadual Luiz Fernando Vampiro – e Marcos Cardoso, representando o deputado estadual Felipe Estevão.

Texto: Cecom/Santa Rosa do Sul/Ramon Cunha e Cecom/Reitoria/Thomás Müller
Imagens: Cecom/Santa Rosa do Sul/Ramon Cunha