IFC participa do terceiro Encontro Finep para Inovação

terça-feira, 21 de novembro de 2017

O IFC participou do terceiro Encontro Finep para Inovação, realizado nos dias 6 e 7 de novembro no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis (SC). O objetivo da iniciativa foi intensificar a atuação da financiadora junto a parceiros e potenciais clientes da região Sul. A Finep é uma empresa de recursos públicos e financiamento à rede de inovação.

O Instituto Federal Catarinense foi representado no evento pelo pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Cladecir Alberto Schenkel, e pela coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Carla Zandavalli. Participaram do evento o ministro de Ciência e Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab, o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Marcos Cintra, o governador do estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, reitores e pró-reitores de Institutos Federais e representantes de universidades e empresas do sul do país.

Schenkel ressalta que, no Encontro, foi reconhecida a importância de Santa Catarina como um dos estados que se destaca na questão da inovação aplicada no setor produtivo. A cerimônia foi marcada pelo estabelecimento do escritório da Finep na região Sul, em Florianópolis. “A instalação do escritório em Santa Catarina é fundamental por aproximar esta importante agência de fomento, que financia infraestrutura para pesquisa de instituições de ciência e tecnologia da região, como o IFC. A presença do escritório da Finep em Santa Catarina, focado nos três estados do Sul, nos abre muitas oportunidades para fortalecermos ainda mais a nossa presença no cenário estadual e estabelecermos parcerias com organizações que estejam demandando algum produto da inovação, as quais tenhamos condições de atender”. Ele explica que a instalação do escritório no estado aconteceu, além da questão geográfica, em virtude de uma homenagem da Finep ao estado de Santa Catarina, pelo seu destaque em inovação no Brasil: “Acredito que isso fortalecerá ainda mais o nosso ecossistema da inovação, uma vez que nós já temos uma estrutura minimamente organizada em torno dos órgãos que trabalham com inovação, com a própria construção dos polos que atuam com inovação no estado. A Finep traz um componente a mais, sendo um apoio financeiro de um órgão federal que tem os seus recursos pré-definidos em determinados fundos e que vai se somar a essa estrutura que nós já temos, potencializando a inovação no estado”.

O pró-reitor explica que a Finep possui formas de apoio via chamadas públicas, e, para ser contemplado, o IFC precisa atender os requisitos dos editais: “Temos já uma primeira proposta do CT Infra, uma linha de financiamento que a Finep possui, de 2014, com a qual o IFC foi contemplado, estando em fase de contratação. Existem também as parcerias em que a Finep faz a mediação, tentando aproximar as instituições de ciência e tecnologia dos setores produtivos. Em algumas linhas de apoio, obrigatoriamente, é preciso ter a atuação de uma instituição de ensino, de ciência e pesquisa, e também de uma empresa que possa, posteriormente, colocar em prática aquela inovação”.

Pacto pela Inovação

Schenkel destaca que está sendo constituído, no estado de Santa Catarina, um Pacto pela Inovação, capitaneado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, ao qual o IFC está aderindo.

O pró-reitor faz uma analogia com o modelo das três hélices*, referência na área para discussão dos processos de inovação, a fim de explicar a relevância do mencionado Pacto: “De um lado, estão as organizações do setor produtivo, que produzem gêneros dos mais diversos e que demandam da inovação. A segunda dessas hélices são as instituições que produzem ciência e tecnologia, como os institutos federais e as universidades, a Embrapa, entre outros órgãos, que podem atender a esta demanda do setor produtivo. A terceira hélice é o Estado, com suas políticas públicas e formas de apoio, que podem ser representadas, por exemplo, pela Finep, pela Fapesc, pelos governos municipal, estadual e federal, e com os seus mecanismos de apoio à pesquisa e à inovação. Esse tripé está sendo organizado em torno desse Pacto pela Inovação do estado de Santa Catarina. Acreditamos que essa ação, acrescida pela instalação do escritório da Finep no estado, proporcionará bons frutos para nós no futuro”, finaliza.

* Saiba mais sobre o modelo das três hélices em: http://www.ikewai.com/WordPress/2012/05/30/as-trs-hlices-da-inovao-que-so-cinco-afinal/.

Texto: Cecom/ Reitoria.
Foto: Divulgação.