Menu principal
 

Micti e IFCultura possibilitam interação entre alunos e servidores do IFC e de outras instituições de ensino

terça-feira, 14 de novembro de 2017

A Micti e o IFCultura são eventos enriquecedores para alunos do IFC e também de outras instituições de ensino. Na edição de 2017, participaram representantes do Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (CTUR/UFRRJ), do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

“A Micti não é só do IFC. Ela é da Rede Federal de Ensino”, ressaltou a diretora de Desenvolvimento Educacional do Campus Camboriú, professora Sirlei de Fátima Albino, coordenadora da comissão organizadora do evento. Para Paulo César de Oliveira, aluno do curso Técnico Integrado em Administração do Instituto Federal do Paraná (IFPR), participar da Micti pela primeira vez foi uma experiência muito bacana: “Gostei muito das apresentações culturais, e os alunos do IFC me passaram dicas para o crescimento do projeto. Sentimos bastante incentivo para continuar com a pesquisa, o que foi muito motivador”. O projeto do aluno foi premiado com o 1º lugar na modalidade ensino técnico-pesquisa na área de ciências humanas.

Para a aluna, do Colégio Técnico da Universidade Rural do Rio de Janeiro (CTUR/UFRRJ), Dayane Pereira de Souza, que participava pela primeira vez de um evento fora do seu estado, esta foi uma experiência significativa. “É muito bacana conhecer uma nova cultura e apresentar o nosso projeto para pessoas diferentes. Para mim foi uma experiência muito interessante”.

Alunos de escolas da região também tiveram a oportunidade de participar da Micti e do IFCultura, além de realizar uma visita guiada pelo Campus Camboriú. Luiz Fernando Alves da Silva, aluno do 9º ano da escola E.B.M Professor Artur Sichmann, gostou muito de conhecer o IFC: “Essa escola é muito boa. É uma experiência única que eu estou tendo, não vou esquecer esse dia tão cedo. É um espetáculo essa escola. Tomara que um dia eu possa estudar aqui”, disse o estudante.

Egressos do IFC também participaram dos eventos. Kevin Moreira Prates, ex-aluno do curso de Turismo e Hospedagem do Campus Camboriú, atualmente cursa Arquitetura na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para ele, o evento possibilita aos alunos que tenham esse conhecimento da área da pesquisa e da extensão ainda no ensino médio, o que proporciona um amadurecimento não só acadêmico, mas também acerca dos conhecimentos da vida, do dia a dia das pessoas. “Desenvolvi um projeto na época em que eu estava no ensino médio e, mesmo depois de formado, consegui uma bolsa do CNPQ e continuei o projeto, conseguindo inclusive na ocasião apresentá-lo na Micti. Hoje, já na faculdade, faço parte de um grupo de extensão, desenvolvo alguns projetos e vejo que esse apoio e essa prévia que a gente tem no ensino médio são muito importantes para a vida acadêmica. Tanto o lado acadêmico como o cultural são relevantes, e é bom ver que eles estão trazendo isso juntos hoje”, finaliza.

Lançamento de livros

Na programação da Micti, foram lançados alguns livros da Editora IFC. Os livros foram publicados por meio do Edital nº 111/2016, de auxílio à publicação de livros, manuais e artigos científicos em periódicos. Na ocasião, ocorreu o lançamento das seguintes obras:

  • Boletim de diagnóstico do laboratório de patologia veterinária
    Organizadores da obra: Ricardo Evandro Mendes, Renata Assis Casagrande e Leandro Anderson Rhoden
  • O cálculo e a matemática superior: algumas aplicações
    Autores: Afrânio Austregésilo Thiel e Matheus dos Santos Modesti
  • Procedimentos Operacionais Padronizados de Bromatologia de Alimentos
    Organizadores da obra: Maria Manuela Camino Feltes, Andréia Dalla Rosa, Giniani Carla Dors, Luana Gonçalves e Samantha Lemke Gonzalez
  • NUBE: histórico, desafios e possibilidades
    Autora: Chris Royes Schardosim

Estiveram presentes, no lançamento dos livros, o professor Ricardo Evandro Mendes, o aluno Matheus dos Santos Modesti e as professoras Maria Manuela Camino Feltes (atualmente docente da UFSC) e Chris Royes Schardosim. Os livros também estão disponíveis na página da Editora do IFC: http://editora.ifc.edu.br/ .

Texto: Cecom/Reitoria.
Imagens: Cecom/Reitoria e Cecom/São Bento do Sul.