Menu principal
 

Desporto de Orientação é tema de curso no IFC Fraiburgo

quarta-feira, 12 de abril de 2017

desporto-orientacao (7)Você já se imaginou praticando uma modalidade esportiva que envolva todas as faixas etárias, todos os biotipos, em que você aprende sobre técnicas e estratégias e que pode ser adaptada para territórios urbanos ou rurais?

A prática desportiva de orientação pode ser comparada a uma competição de caça ao tesouro, em que os praticantes utilizam de mapas e bússola para encontrar pistas e chamadas de prismas, que desvendam os próximos passos da equipe. A modalidade foi trazida para o Brasil em 1949 quando o diretor da Divisão de Esportes do Ministério da Educação e Saúde foi à Suécia e presenciou uma competição de orientação. De lá para cá, a atividade tem ganhado cada vez mais adeptos, que vão desde crianças até idosos, e envolve as categorias pedestre, bicicleta e pessoas com necessidades específicas.

OUÇA O ÁUDIO DA REPORTAGEM ABAIXO.

Facilmente adaptável para o ambiente escolar, o Desporto de Orientação envolve não somente a área de educação física, mas também geografia, biologia, história, matemática, psicologia, estratégia, entre outras. Pensando nisso, o IFC Campus Fraiburgo, por meio do professor de Educação Física Vladimir Schuindt da Silva, em conjunto com a Confederação Brasileira de Orientação (CBO), através do instrutor e tenente Ademar Roque Hippler Ruwer, promove, nos dias 25 e 26 de abril, no IFC Fraiburgo, o curso de Corrida de Orientação.

Com carga horária de 24 horas, o curso está dividido em atividades teóricas e práticas, e visa proporcionar aos professores do IFC, professores da Rede Federal da Região Sul, estudantes e comunidade a oportunidade de aprender mais acerca da prática desportiva e, principalmente, sobre como incorporá-la nos ambientes escolares.

desporto-orientacao (10)Segundo Vladimir, a atividade pode ser incluída e adaptada ao contexto escolar. “Com o curso, vamos proporcionar que os profissionais conheçam essa modalidade e façam uso dela como ferramenta didático-pedagógica nos nossos campi. Ainda, a atividade pode ser facilmente implementada no contexto das nossas unidades ao aproveitarmos as caraterísticas naturais dos locais”, explica o professor.

Os participantes conhecerão, no primeiro dia, os aspectos históricos do esporte, sua estrutura, técnicas (envolvem símbolos, mapa e terreno) e códigos para a prática do esporte. No segundo dia, serão abordados aspectos práticos guiados, envolvendo o mapa e o terreno. Ainda, está programada a atividade acompanhada, em que grupos aplicarão as técnicas do desporto de orientação e participarão de um desafio conjunto para colocar em prática o esporte.

“Podemos dizer que 60% do desporto de orientação é cognitivo e 40% é físico. É um dos esportes mais completos porque abrange várias áreas do conhecimento, trata da interdisciplinaridade e promove a prática desportiva. Além disso, estamos falando de uma modalidade que é altamente inclusiva e adaptável às mais diversas realidades geográficas. Está em harmonia com a natureza, envolve desenvolvimento físico e mental, é para todos, possui exercícios físicos completos e promove a ajuda mútua entre os praticantes”, explica o instrutor Ademar.

Disciplina, planejamento, condicionamento físico, recreação, estratégia e contato com a natureza são alguns dos benefícios que a prática do desporto de orientação pode proporcionar. Saiba mais sobre o esporte em https://www.cbo.org.br/.

INSCRIÇÕES

As inscrições podem ser feitas até o dia 20/04 por meio do contato vladimir.silva@fraiburgo.ifc.edu.br. É necessário informar o nome completo e um número de telefone celular para contato via WhatsApp. Os participantes serão certificados pela Confederação Brasileira de Orientação (CBO), a que os habilitam a ministrar o curso.

Quer saber mais sobre o desporto de orientação? Confira os links de vídeos reportagens abaixo:

Globo Esporte DF: corrida de orientação

Orientação, mistura tática, recreação e uso da natureza

*Texto e áudio: Cecom/Reitoria, por Nicole Trevisol (Jornalista SC 02499 – JP).

**Imagem: Cecom/Reitoria.

***Fotos e vídeos: Divulgação.