Menu principal
 

IFC conquista R$ 1,25 milhão em Chamada Pública

sexta-feira, 24 de março de 2017

concordia-laboratorio de histologiaEm tempos de crise, todo recurso extra é fundamental e, quando chega, permite o desenvolvimento de novas ações. No Instituto Federal Catarinense (IFC) uma notícia encheu de alegria e orgulho a Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (Propi): fomos contemplados com R$ 1,25 milhão decorrente de projeto aprovado na Chamada Pública 02/2014 MCTI/Finep/CT-Infra – Proinfra destinados para a aquisição de equipamentos multiusuários.

Segundo Cladecir Schenkel, pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação no IFC, esse valor representa 5 anos de orçamento da instituição para material permanente. “Estamos muito felizes. Com os recursos teremos condições de melhorar e ampliar os já existentes laboratórios de pesquisa do IFC”, relata ele.

Além das melhorias previstas em infraestrutura de médio e grande porte, o recurso vai possibilitar que os dados analisados em atividades de pesquisa e extensão sejam mais precisos. “Os equipamentos são modernos e, com isso, conquistaremos mais confiabilidade e qualidade nas pesquisas. Esse fator se reflete na elevação no nível de projetos que poderemos desenvolver no IFC, com dados mais específicos e detalhados. Isso abre possibilidades para que o IFC ingresso em níveis mais profundos de pesquisa”, reforça Schenkel.

Vinculado ao programa de Mestrado do IFC, o resultado da Chamada Pública vai beneficiar todos os níveis e áreas de ensino, pesquisa e extensão da instituição. “Os recursos foram conquistados por meio de associação com o Mestrado em Produção e Sanidade Animal, entretanto os equipamentos multiusuários deverão ser utilizados por todos os cursos e por toda a comunidade acadêmica”, finaliza o pró-reitor.

MAIS

A Chamada Pública 02/2014 MCTI/Finep/CT-Infra – Proinfra visa selecionar propostas para apoio financeiro à aquisição de novos equipamentos multiusuários de médio e de grande porte, à manutenção dos equipamentos a serem adquiridos no projeto e a manutenção dos equipamentos já existentes na instituição. Ainda, para a realização de pequenas adaptações de instalação e adequações da infraestrutura física estritamente ligadas a estes equipamentos, visando à criação ou a expansão de unidades multiusuárias em qualquer área do conhecimento, e em todo território nacional, de forma a proporcionar condições para o crescimento e a consolidação da pesquisa científica e tecnológica das Instituições Públicas de Ensino Superior e/ou de Pesquisa.

Saiba mais em http://www.finep.gov.br/chamadas-publicas/chamadapublica/584

*Texto: Cecom/Reitoria, por Nicole Trevisol (Jornalista SC 02499 – JP).

**Imagem: Cecom/Concórdia.